Últimas Crónicas

Até breve, Mestre Nico!

loading...

Fecharam-se as cortinas…

Da tua última peça!

E tu, com todo esse talento, nem esperaste pelo fim.

Lembro-me, como se fosse hoje, da primeira vez que me ri contigo, no “Gente Fina é outra coisa”.

Depois….

Meu querido amigo, amigo sim, porque entraste demasiadas vezes em minha casa para que assim o fosse!

Foste Vila Faia, Eu Show Nico, EuroNico, Nico D`Obra….

Foste o “Securas” da novela cinzas, de quem eu tanto gostava.

Foste demasiada gente…

“Perdi” horas contigo, serões em família, para te ver e como nos fazias sorrir!

Cresci contigo.

Foi contigo que aprendi a fazer os outros sorrir, sim, porque como tu tantas vezes afirmaste é melhor sorrir do que estar triste.

Não tenho dúvidas que este país fica muito mais pobre.

E por cada gigante como tu parte, há um aperto no peito que nos corrói, uma saudade que não se explica…

Não se perdeu um actor, realizador … Perdeu-se um familiar!

Resta-nos as infindáveis memórias que nos deixaste, com todo esse talento.

Acho que posso falar por todos os portugueses quando digo:

“Obrigado Nico, gostamos muito de Ti!

Até breve.”

Hoje mais do que nunca, não se esqueçam de recordar e sonhar porque a vida é feita de sonhos!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top