Últimas Crónicas

Coito à quarta! – Barrigas de Aluguer

loading...

Ora viva! Hoje o “Coito à quarta!” traz até si um assunto polémico: as barrigas de aluguer!

O tema, barrigas de aluguer, entrou no vocábulo de muitos portugueses através do nosso ‘querido’ (ou não tão querido) Cristiano Ronaldo, mas a verdade que este tipo de “contrato de trabalho” já existe há muitos, muitos anos. Só para ter bem a noção do número de anos que eu falo, saiba que a primeira barriga de aluguer, da história, data de há mais de 2000 anos atrás. Sim… Isso mesmo, a primeira barriga de aluguer foi a de… Pasme-se: Maria, mãe de Jesus!

Sim, é verdade Maria – mãe de Jesus foi a primeira barriga de aluguer de todo o sempre!!! Ai acha que estou a brincar com coisas sérias?! Então pense lá bem, um desconhecido (aka DEUS) aparece a Maria e diz-lhe: “Tu serás mãe do filho de DEUS! Seu nome será Jesus! E ele será o nosso Salvador!” Isto é, ou não é, mais ou menos o que o Ronaldo fez com a mãe dos seus primeiros 3 filhos… “Tu serás mãe do filho do Cristiano Ronaldo! Seu nome será Cristianinho! E ele será o meu herdeiro!” A única diferença é que Maria não recebeu dinheiro nenhum em troca do puto. Só uma terrível dor de cabeça para explicar a todos como é que engravidou se era virgem… (Pelo menos não houve dinheiro envolvido, que se saiba… é que antigamente sem Facebook nem Correio da Manhã as informações não se espalhavam tão facilmente.)

Agora veja, o caso de Maria – mãe de Jesus, é muito semelhante ao que foi aprovado cá em Portugal. Para quem não sabe, hoje em dia já é possível uma mulher ser barriga de aluger de outra. Mas essa mesma mulher não pode, de forma alguma, receber dinheiro pelos seus serviços de alojamento infantil. E mais, a mulher que pretenda subscrever este “serviço” só o poderá fazer caso seja infértil ou padeça de um útero fraco (a expressão não é minha, li algures na Internet, não se zanguem comigo, ok?!). Então agora eu pergunto: “Quem é a alminha que se irá sacrificar para carregar um bebé durante 9 meses na barriga, enjoos, mau-estar, vómitos, dores com fartura e mais tudo o resto que um parto traz (e que graças a Deus desconheço) se não vai ganhar nada com isso?!”

Pois bem… A resposta é óbvia: só uma mãe, avó, tia, ou em casos uma amiga do peito!

Então agora eu volto a perguntar: “E se as avós, tias e amigas do peito depois de nascer decidirem ficarem com os putos? Quem defenderá a senhora que queria ser mãe e não podia? E se as mães, tias e amigas, sofrerem complicações durante a gravidez? E se o bebé nascer com algum problema e a futura, hipotética, mãe desistir da criança?! Quem irá ficar com o rebento? Ah, pois é… Fica a mulher que era simplesmente um forno para o bolo? Será que as cozinheiras dão de fuga e depois quem atura o puto é o “forno” e o gajo que andou a espetar o palito a ver se o bolo já estava pronto? (eix… isto agora soou muita mal…) Pois bem… Parece-me que afinal isto não é assim um negócio tão bom quanto isso, não é verdade?! Pelo menos do jeito que se quer fazer cá por terras lusas…

Epá, ó Ginete, tu pegaste mesmo pesado neste assunto… Então isto não era suposto ser uma rubrica de humor?!”

E é! Mas o meu humor melhora quando o tema não afecta directamente a minha pessoa… É que caso o leitor não saiba eu trabalho numa rent-a-car. E se há coisa que o meu patrão gosta é de acompanhar a evolução dos tempos. Eu neste momento já alugo bicicletas, motas, carros e trotinetes, se a moda das barrigas de aluguer pega, e começa a dar lucro, não tarda nada eu tenho aqui 3 ou 4 mulheres à espera de alugarem as suas barrigas… E depois quem tem de tratar da manutenção do material?!?! Pois… Sou eu!!! Ah pois… Por isso mulheres de Portugal. Deixem-se lá estar ‘sogaditas’, se não conseguem engravidar é porque se calhar não tinha de ser! E vistas bem as coisas… Vai na volta até não perdem lá grande coisa.

(Nota: Esta rubrica pretende ser um espaço de perguntas e respostas entre o escritor e os leitores, mas até que você decida partilhar as suas dúvidas, questões e opiniões vai ter de levar comigo a falar sobre o que bem me apetecer…Até para a semana!)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

loading...
To Top