Últimas Crónicas

Os Mistérios de Lily – Conto

loading...

Lily corria desenfreadamente. Tão rápido que mal conseguia observar por onde ia. A chuva só a tornava mais desorientada. Num dia comum, teria parado, observando a chuva e sentindo as leves gotas frias a marcar a sua pele mas, naquele momento, não parou. As ruas por onde corria eram estreitas, dominadas pela escuridão. O medo consumia-a, a cada minuto que passava, descontrolando a sua respiração, cada vez mais ofegante e acelerada. Se continuasse a correr, desmaiaria. Mas não podia parar. Ia lutar até ao último segundo, como se a sua vida dependesse apenas e só daquele momento. A sua força de vontade não iria deixar que morresse sem lutar. As suas roupas ensanguentadas tornavam a sua fuga mais difícil. Se alguém a visse, tudo aquilo pelo qual lutou, seria em vão. As promessas ficariam quebradas e Lily não aguentaria.

O seu mundo parou quando a agarraram pelos cabelos. A sua mente esvaziou, gelou. O primeiro puxão foi suficiente para derrubar o seu frágil e cansado corpo. A escuridão assustou-a mais que nunca. Temia pela sua vida, como nunca tinha temido até agora. Estava em pânico, o seu corpo tremia violentamente. Sentiu a lâmina fria e afiada a tocar a sua pele, empunhada por uma corpulenta mulher, mas de mãos pequeninas. O tempo parou. Não ouvia mais a sua respiração, apenas o constante boom boom nos seus ouvidos. Os seus olhos buscavam uma fuga, mas em si estavam cravados aqueles olhos pretos frios e assustadores. Não pareciam reais. Mesmo no escuro, Lily conseguia ver bem a sua face, marcada por uma grande cicatriz do lado direito. Qual o porquê disto tudo? Lily sentia que tinha que fugir, mas os seus pés já estavam atados. Como? Nada fazia sentido. Fechou os olhos. Tentou rever tudo na sua mente: os seus olhos pretos, a grande cicatriz, as suas pequenas mãos. Mas não teve tempo. A lâmina rasgou a sua garganta e uma dor aguda envolveu-a. Sentiu o sangue a escorrer…

Acordou.

Continua

Boas leituras 🙂

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top