Últimas Crónicas

Panóplia de Temas 5

loading...

Esta semana voltamos à Panóplia, mais uma vez porque temos alguns assuntos pertinentes para os quais gostaríamos de deixar o nosso tenebroso comentário e opinião.

 1) Em final de mandato (ainda faltam muitos meses, mas pronto), o Presidente visitou a Noruega. Numa altura em que politicamente o país está num efervescente clima pré-eleitoral com perguntas e respostas diárias, onde cada partido pretende posicionar-se da melhor forma para a obtenção do maior score possível nas legislativas, as únicas coisas que a comunicação realçou verdadeiramente nesta viagem de Estado foram as tricas, as trocas de sms’s, as (possíveis auto)biografias “não autorizadas” – coisa que eu não sei o que é – etc. Infelizmente a política começa a baixar de nível intelectual e de bom senso, quando se caminha a passos largos para eleições. Isto é, a política à portuguesa. Fácil é embarcar nessas conversetas para desviar atenções do que é importante: por um lado, o país continua a crescer; por outro, o défice do Estado aproxima-se bem dos objetivos para que seja desconsiderado o “procedimento por défice excessivo”; mas por outro ainda o desemprego voltou a aumentar já por dois trimestres consecutivos (em relação aos trimestres anteriores, mas positivamente em relação aos períodos homólogos). O que continuamos todos ainda a notar, apesar de um tímido aumento de moedas na carteira de alguns, a pobreza e a miséria continua a aumentar em Portugal. Os desempregados que deixaram de procurar emprego, não constam nas estatísticas; muitos já deixaram de receber subsídio há muito tempo e continuam sem conseguir encontrar emprego; os mais corajosos, principalmente jovens, continuam a emigrar apesar dos apelos públicos e oficiais para que regressem – mas que não há nada ou quase nada para lhes oferecer. O Presidente visitou a Noruega com o grande espírito de incentivar os negócios e as trocas de experiências entre empresários, universidades e até órgãos oficiais de ambos os países. Apelou às trocas de experiências de tecnologia. Apelou ao investimento na exploração pesqueira, principalmente na aquacultura – visto que, ele próprio como Primeiro-Ministro iniciou um processo de destruição de frota de pesca há uns anos. Entre outras iniciativas que foram tomadas. Levou consigo dezenas de empresários e alguns ministros e secretários de Estado. No entanto, o que interessa noticiar e propagandear são as tricas que, provavelmente muitas delas nem são verdadeiras.

2) Lá fora, Mourinho continua igual a si próprio: alheio às críticas dos invejosos, lá conseguiu mais uma vez levar a água ao seu moinho, conseguindo obter na difícil maratona que é a Liga Inglesa, levar o Chelsea a obter o seu 5.º campeonato (3 por conta de Mourinho). Feito provavelmente só igualável pelo próprio Mourinho (passo a redundância e antagonismo da expressão). Como é hábito, após estabilizar internamente, Mourinho irá atacar em força para a próxima época – que afirmou já estar a preparar – a Liga dos Campeões, com maior força do que sucedeu este ano, pois provavelmente estaria mais interessado em assegurar a Liga interna como maior e principal objetivo. Portanto, cara concorrência (de Mourinho e de Chelsea) se me estiverem a ouvir, tomem nota: Mourinho voltará a atacar em força para 2015/2016!

3) Cá dentro e ainda no futebol, o Benfica passou com distinção em Barcelos, num estádio onde é hábito ter dificuldades, cilindrando o clube local – Gil Vicente – por um concludente 5-0, sem espinhas. Já o FC Porto não desarma em termos pontuais, mas parece estar a perder o fôlego, uma vez que os sofríveis 2-0 em Setúbal tiveram algumas espinhas. Provavelmente estamos a presenciar o usual “caminhar a passos largos e confiantes” para a reconsagração do campeão e um honroso 2.º classificado já a pensar na próxima época, porque este ano já não haverá mais nada para ganhar. Agora já acredito que dificilmente o título fugirá ao Benfica. No entanto, caldos de galinha! Só se canta de galo (ou de Águia), quando tudo estiver assegurado! Repito: atenção ao jogo em Guimarães… Parabéns ao clássico e carismático clube nortenho Boavista FC pela manutenção, após tantos anos de tormentas e problemas. Este é um clube com o qual simpatizo particularmente, não sei se será por gostar de jogar xadrez ou por de lá terem saído jogadores importantes para o (meu) Benfica como foram Isaías, Petit, João Vieira Pinto, Nuno Gomes e outros…

4) Apesar de a comunicação não lhe dar em Portugal o protagonismo merecido, o Papa Francisco continua a surpreender quase diariamente com as suas declarações de proximidade com a doutrina original de Cristo: estar perto dos pobres e dos humildes, denunciar a podridão dos grandiosos, apontar o dedo às injustiças e aos males da humanidade de um modo geral. Nunca um Papa foi tão preocupado com as famílias, com a sua realidade temporal, como é este. A sua popularidade não surge apenas da sua notável simpatia e aparente “pachorrência” de avô simpático e amigável – como por exemplo o Pai Natal – não, é muito mais do que isso! Este para assume de verdade a sua missão de evangelização universal, começando dentro da própria Igreja onde representa Cristo e Pedro, para daí partir para a evangelização no mundo. O que é afinal a doutrina de Cristo senão um “manual” de convivência e de relacionamento saudável entre a humanidade?

Não digas que amas a Deus, se não amas o próximo, porque o próximo é Deus, por é seu filho! «Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.» Mateus 25:40

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top