Últimas Crónicas

A beleza escondida das mulheres – Sabine Borges

loading...

Por vezes ouço algumas pessoas dizer “aquela mulher é tão feia!”.
Permitam-me discordar. Quando me encontro em locais públicos, ou quando entro no metro de manhã, não posso deixar de reparar na beleza escondida de muitas mulheres. Todas elas.

Toda e qualquer mulher pode ser considerada bonita ou bela se tiver um pouco de cuidado com ela própria. Com isto quero referir que uma imagem cuidada torna a mulher muito mais apelativa. Reparem, uma mulher que seja mais “gordinha” pode pensar que esse fator elimina qualquer hipótese de beleza. Errado! Muitas mulheres “redondinhas” têm um rosto do mais bonito que há.

Se existe um ponto menos favorável, há que pegar num positivo e trabalhá-lo ainda mais. Um pouco de maquilhagem, um cabelo penteado e arranjado torna tudo mais belo e o mais importante: aumenta num ápice a auto-estima da mulher.
A que leva isto? A uma confiança mais generosa, a um ânimo mais leve e uma vida mais colorida.

Agora podem perguntar “E uma mulher que tenha um corpo muito bem moldado mas tenha um rosto um pouco mais desfavorável? Não é assim tão fácil…”.
Errado! Meninas e senhoras, há que chamar e desviar a atenção para os nossos atributos! Se o rosto não é tao apelativo, desviem tudo para o resto do corpo.
Porquê? Reparem bem, até mesmo as modelos não são perfeitas da cabeça aos pés. Se procurarem bem, se se derem ao trabalho de olhar e observar bem, todas elas apresentam um ponto menos favorável. Umas mais, outras menos, mas é assim.
Ninguém é perfeito. Mas todas podemos ser mais parecidas com a perfeição, basta sabermos como, basta trabalharmos e o mais importante realmente preocupar-nos com a nossa imagem.

Decidi abordar este tema porque confesso que quando olho para alguém gosto sempre de ver para além do óbvio e ver a beleza escondida por trás de cada uma. Contudo, devo ainda lembrar que como é sabido, a beleza exterior não é nada sem a beleza interior.

Mas se nos sentirmos bem por fora, seremos muito melhores por dentro.

SabineBorgesLogoCrónica de Sabine Borges
Cada caso… é um caso

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top