Últimas Crónicas

As semanas da minha vida.

loading...

Hoje faço 1592 semanas. Sim, leu bem, semanas! É porque agora toda a minha vida é contabilizada em semanas…

“De quantas semanas está a tua mulher”; “Quantas semanas já tem o bebé?”; “Faltam quantas semanas para fazerem o curso de preparação?”; “Já viste que só faltam x semanas para o bebé nascer?”; IRRAAA! Já não ouvia falar tanto em semanas desde o tempo que cravava a semanada aos meus pais. Que fartura, pá! Semanas para cá, semanas para lá… Será que a única medida de tempo, que existe agora, é a semana?! É porque se assim é, ao menos deixem-me emigrar para Inglaterra. Assim sempre tenho um bom motivo para andar a contar semanas…

Eu confesso que sou terrível para datas. Nunca me lembro quando é que fulano, ou beltrano, fazem anos. Não me lembro do dia em que dei o meu primeiro beijo na boca, que comecei a namorar, ou quando dei o meu primeiro pirafo. Sei o dia em que casei e é porque tive o cuidado de o escrever na aliança. E agora querem que eu saiba de quanto tempo é que a minha esposa está grávida?! Ainda por cima em semanas?! Aquela medida de tempo tão complicada, que nos obriga a fazer contas de cabeça, cada vez que alguém nos pergunta quantas são. Hum… Não me parece!

E por falar em semanas de gravidez. Que história é esta das 40 semanas? Então mas os meses não têm (regra geral) apenas 4 semanas? 4 vezes 9 são 36 e não 40. Afinal de contas vocês andam a gerar bebés ou cavalos?! (Vai na volta eu é que tenho razão e ainda vou ter um pónei em vez de uma filha… HUUU… HUUU!)

É que tudo o que tem a ver com bebés é confuso. Se não é o cálculo das semanas de gravidez, é a roupa que vem mal catalogada. Ou então as fraldas que não suportam o peso que anunciam. (Ex.mos Senhores da Dodot, se não é suposto a fralda aguentar com 5kg, de cocó, então não escrevam que elas aguentam de 2-5kg, está bem?! Obrigado.)

Já no que toca à roupa, acho que não havia necessidade de existirem tantos tamanhos. Por exemplo:

– Recém nascido.
– 0 Meses;
– 1 Mês
– 1-2 Meses;
– 1-3 Meses;
– 3-6 Meses;
– 6-12 Meses;
– 12 a 18 Meses;
– 1 ano, e por aí em diante…

Recém nascido e 0 meses: Isto é o mesmo… Porque raio é que estão a complicar? Não era mais fácil colocarem só 0 e pronto?!

1 Mês: Esta é a única medida que não tem nada que enganar. É para bebés com apenas 1 mês. O bebé faz um mês e usa esta roupa, acabou! Simples, rápido, prático e eficiente…

1-2 Meses e 1-3 Meses: Qual é a necessidade destes dois tamanhos? Tal como existe o tamanho 1, devia existir também o 2 e o 3. Não o tamanho de 1 a 2, e de 1 a 3. Até porque se olharmos bem, para um e para outro, regra geral o tamanho é igual.

3-6 Meses: Eu não sei se o leitor já viu algum bebé de perto, mas parece-me a mim que a roupa que serve a um bebé de 6 meses não é bem a mesma que serve a um bebé de 3. Ou será que é?! Não, não é!

“Ah, mas assim escusas de comprar tantas roupas…” dizem os leitores mais entendidos na matéria. Ok, até posso concordar, mas se assim é façam logo roupa de 1 aos 12 meses. Isto sim, seria poupar, agora dos 3 aos 6 meses é só mariquice.

6-12 Meses: Então e neste caso? Se a criança tem 6 meses que roupa é que se compra? A de 3 a 6, ou a de 6 a 12? É que faz toda diferença… Há muitas crianças que com 12 meses já andam. E toda a gente sabe que a roupa de uma criança, que já se aguenta com os calcantes no chão, é muito diferente da de um bebé que ainda anda de colo em colo.

E para terminar a melhor de todas, 12 a 18 meses: Ó, meus amigos, 12 meses é um ano. Deixem de ser preguiçosos e coloquem logo 1 ano na etiqueta. É melhor para os pais e para o bebé. Os pais porque escusam de andar a fazer contas antes de comprarem a roupa da criança. E as crianças porque desenvolvem logo uma maior auto-estima.

(Ora imaginem lá…)

“Olá miúda… Estás a ver aqui a etiqueta? Já tenho 1 ano, topas?! Já sou bem crescidinho…  Então, que me dizes? Buga dar uma volta no meu triciclo, ou tens medo de borrar a fralda toda?”

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top