loading...

Hoje estava a observar os vários fumadores à minha volta , cada qual com o seu maço pronto para retirar o cigarro , e francamente achei de uma violência as imagens que iam desfilando ante os meus olhos , de impacto e choque , entre órgãos em franco mau estado , sangue por todo o lado , e vários cancros … Fiquei a pensar um pouco sobre isto , e não é a primeira vez que o faço sobre este tema …
Que sociedade fanática e insana em que vivemos , pensei, onde os jogos para crianças são classificados ( e bem), os filmes também , mas ninguém se importa com a extrema violência e degradação das imagens que circulam nos maços de cigarros , nem tampouco se importam com a ausência de informação noutros produtos .
Não venham pois os adeptos de tal fanatismo dizer que ‘ah mas é o que acontece por dentro , etc ‘… Basta .
Chegámos ao cúmulo da insanidade quando é permitido mundialmente que imagens deste tipo se passeiem em qualquer lugar , e sobretudo invadam os que fumam ou os que estão junto deles.
Não chamo a isto informação , educação ou sensibilização . Mais ainda chamo -lhe um atentado à sensibilidade das pessoas e à sua inteligência .
Se vamos por esta via, e vamos então afastar os interesses económicos por trás de cada gesto em suposta defesa e informação do consumidor , vamos então colocar vários fígados com cirrose e vários cancros do esôfago, pâncreas e outros do sistema digestivo , em cada garrafa de vinho!
Neste Natal fariam as delícias das famílias em cada brinde entre os adultos ser confrontado com tal desfile , tipo feira dos horrores.
Então vamos também, por esta ordem de ideias , colocar todos os cancros associados a alguns refrigerantes e aos seus ‘E’, aos vários enlatados , conservas , e colocar estas imagens em todos eles !
Vamos também colocar as mesmas imagens, caso a caso , em todas as cadeias de ‘trash’ dita ‘fast food’ onde desfilam crianças e famílias todos os fins de semana . Que lindo seria se em nome da ‘informação ‘ se pusessem todos os potenciais eventos nocivos no organismo de quem consome este tipo de comida…
Vamos ainda colocar as mesmas imagens, adequada caso a caso, nos variados fármacos, incluindo os essenciais e com receita médica , pois será muito agradável ver veias cheias de trombos , e várias hemorragias, por exemplo , quando vamos tomar determinado medicamento , pois sim, existem vários que podem causar várias coisas , a informação está escrita , mas não agregada a imagens deste nível de violência mórbido.
Vamos então seguir esta linha de propaganda agressiva e violenta para tudo , e, já agora, vamos proibir todos de serem não saudáveis, de serem pessoas, porque não ?!
Sim, apesar de a Saúde representar gastos , a Doença é um enorme negócio que compensa qualquer gasto, e que o digam os relatórios de contas das grandes farmacêuticas internacionalmente de renome.
As Tabaqueiras continuam também a facturar em volume elevado …
Os impostos pagos , altíssimos , parecem não ter suprimido os ‘fantasmas persecutórios ‘ dos gastos com as indemnizações pagas aos ex fumadores nos EUA, que denunciaram e acusaram de não haver informação suficiente ( e não havia na época realmente , até aparecia num comercial um médico de bata branca a fumar o seu cigarro , ou um cowboy muito conhecido , associando o tabagismo de forma inequívoca a uma postura do ideal de masculinidade de épocas menos esclarecidas, e as divas eram colocadas em poses sensuais a fumar muitas vezes o seu cigarro, seguindo a mesma linha pouco esclarecida de modelo feminino da época ).
Penso num rolo tremendo de opostos , e ao ponto de exageros a que chegámos, à hipocrisia , e à subjugação aos interesses económicos, em nome de ‘vidas felizes e corpos saudáveis’.
Uma sociedade que está a exagerar, isso sim, no desequilíbrio mental , na intolerância , na ausência de liberdade de escolha .
Cada vez temos que ser mais ‘ovelhas de um rebanho’ , ou juntar -nos a um rebanho também de ‘contra-rebanho ‘.
Paternalista e violenta , a sociedade impacta com a violência destas imagens , e todos mundialmente o aceitam sem pestanejar .
Impõe aos filhos de pais fumadores o fantasma permanente em cada maço de cigarros de que ficarão órfãos de forma sangrenta e violenta .
Não deixam o fumador, já num espaço especial para ele sem incomodar não fumadores, e que paga o seu maço e os seus impostos sobre ele, fumar descansado e em paz , sem ser bombardeado pelos ‘flashes’ de imagens que criam na sua mente e se exibem nos maços, talvez algo mais nocivo que o próprio cigarro .
Já agora , coloquem em cada automóvel vendido , que use combustível poluente , todas as lesões respiratorias causadas pela poluição …
Coloquem imagens violentas por todo o supermercado , caso a caso , farmácias , stands automóveis , bombas de gasolina , e transportes poluentes .
Uma Sociedade delirante de grandeza que ao invés de dar liberdade ao indivíduo para fazer escolhas consentidas e informadas , o violenta de variadas formas, entre choques e omissões .
Cada vez mais a ‘onda da energía positiva ‘ como se o ser humano tivesse que ser positivo e feliz , tal ‘Admirável Mundo Novo’, de Aldous Huxley.
Aí estão as estatísticas do uso prescrito de antidepressivos e ansioliticos, quer façam ou não sentido . E os do contra: ‘não tomes , toma um chá e faz caminhadas , mantém -te positivo’, mesmo que a pessoa precise realmente dessa ajuda química e isso possa significar a sua própria vida em risco .
Por favor deixem os homens e as mulheres serem homens e mulheres , com alegrias e tristezas , dores psíquicas e tolerância à dor psíquica .
Deixem as crianças ser crianças , e deixem a panóplia de hiperactivos para os casos que realmente o são.
Deixem que as pessoas se possam olhar como gente , fazer as suas escolhas individuais e familiares , optarem pela via que querem seguir nas suas vidas .
Deixem -se de paternalismos que somente são sustentados por interesses económicos de momento e modas que já ultrapassam largamente o mero bom senso.
Há muita coisa má. Há muita coisa boa .
Informar , sensibilizar de forma honesta intelectualmente , que é o que mais falha nesta Sociedade: Honestidade intelectual.
Tratam as pessoas como se tivessem QI reduzido , quando mesmo os que o tenham não necessitam de paternalismos hipócritas, necessitam de fazer o seu caminho e as suas escolhas informadas .
Chegámos ao ‘Admirável Mundo Novo’ ( Aldous Huxley), a pílula dourada de ‘ ser positivo ‘ e estar feliz é obrigatória , a comida saudável, ou a que vendem omitindo o que de mal tem, é Lei.
Onde a responsabilização individual e coletiva está substituída por Dogmas, novos paradigmas político-sociais , voláteis e mutantes no tempo e nas épocas.
Volto a passar pela ala fumadora do espaço , vejo de quando em vez , as imagens impressas do fanatismo .
Deixem as pessoas ser livres, penso…, donos e senhores das suas vidas e escolhas.
Estou honestamente cansada das ‘pílulas douradas ‘ que todos temos que tomar, que agora a moda é ‘ser feliz ‘ , sempre positivo , e não há espaço para estar triste . Como se pudesse haver humanidade sem ambos os sentimentos e todos os seus tons de cores e cinzentos …
Invadem as nossas mentes todas as imagens de tragédias nas TV, nas Redes sociais , doenças , acidentes , mortes … mais estas dos cigarros …
Há jornais que ‘espremem sangue ‘.
Impregnar o mundo destas grosseiras imagens é a manipulação do coletivo para que no seu oposto agradeça o ‘seu cantinho da felicidade ‘ e funcione dentro do pré-estabelecido e das modas sazonais.
Nesta alienação coletiva , ‘todos felizes ‘, todos ‘saudáveis ‘, ou todos ‘castrados’ , as marionetas continuam em pé , sustentadas pelos seus fios.
Como psicoterapeuta cerca de 20 anos , nunca vi ninguém que pudesse estar bem , sendo marioneta …
Em quase todos os processos de busca do Eu e do Outro , quando a marioneta está somente sustentada pelos fios que a seguram , temos que cortar cada fio , deixar cair … condição de desamparo …. e depois passo a passo cada um se levanta , gatinha primeiro, anda depois, cai, levanta -se…
Mas quando se ergue de novo , renasceu na segurança de si mesmo, sem fios que a conduzam, manobrem e sustentem , e obriguem à ‘pílula dourada’ do momento .
Queria um final diferente do ‘Admirável Mundo Novo ‘, quero gente que é gente , e leva essa liberdade de Ser ao Outro, conseguindo sair do ‘esquema ‘ e transformar a sociedade onde se encontra. Integrado, mas uma voz que se impõe pela honestidade intelectual e os valores de tolerância e liberdade bem conscientes, presentes as escolhas individuais , noções de limites entre o Eu e o Outro, entre liberdades e limites que são o bokm senso do respeito ao Outro e entre as pessoas.
Enfim , reflexões …
Cansada dos fanatismos impressos , e das ‘modas’ do momento, fugas do Eu.
É que ser humano implica toda a panóplia de cores , todos os erros.m, um Eu consciente com capacidade de aprendizagem pela experiência …
E depois a ‘moda do positivo ‘…
Uma pilha só funciona com polo negativo polo positivo , isso é onde reside na verdade a sua possibilidade de funcionar …
Não me digam que o ser humano funciona sendo só positivo , e quase com medo de ser ‘negativo ‘ …
Não me digam que temos que viver todos numa corrente de pseudo felicidade constante como uma pilha de dois polos positivos … É que nesta pilha não se passa nada … não há corrente …
É importante ‘ viver e deixar viver ‘, somos crescidos já, a responsabilidade da escolha, que é sempre nossa, é uma liberdade essencial para Ser .
Os ajustes são feitos quanto impera a regra do bom senso, dos limites entre o Eu e o Outro, no conflito e ajustes que fazem evoluir e crescer todos os envolvidos se houver espaço ao diálogo, uma conversa de ações e palavras , tolerante, mas com limites claros de sensatez e valores de base que sejam antes de mais a honestidade intelectual e a liberdade interpessoal . Limites bem definidos nas relações humanas e na sua necessária dinâmica.
Cortem os fios das marionetas.
Não há pessoa que se responsabilize pela opressão ou pela culpa.
Não há destino que não seja, sempre e inexoravelmente , escolhido por cada um.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

loading...
To Top