Últimas Crónicas

Humildes e bananas – Augusta Ferreira

loading...

Eu às vezes acho que não há país nenhum como Portugal, tão diverso mas tão unido, tão cheio de monumentos e paisagens naturais lindíssimas, tão pobre e tão rico, de tão alta qualidade escolar e tão estúpido como uma porta.

Remontar ao nossos feitos para exigir às pessoas que lutem pelos seus direitos é estúpido, o passado já la vai, e quem vive de passado é museu.

Mas se há coisa que a mim me revolta são a quantidade de direitos que nos tiram diariamente e nós continuamos impávidos a dizer que é tudo o mesmo e que não há nada a fazer.

Hoje acordei revoltada com as ETTs (empresas hahaha de trabalho hahahahahahahahaha temporário hahahahahahahahahahahahahahaha) é que são me dão uma revolta ao estômago impressionante. Porque não protegem os seus trabalhadores, simplesmente procuram recursos para trabalhar noutras empresas, as quais não terão qualquer tipo de responsabilidade por esse trabalhador, muitas vezes as ETTs tão pouco.

Mas não é só isso, ao fazer várias buscas para encontrar trabalho, deparo-me como salários inferiores a 600€.

Mas é na sua grande maioria, senão faça uma busca na página do centro de emprego e verá.

E eu ponho-me a pensar, como é possível que as pessoas consigam viver com 600€ por mês.

Quem já tem casa paga, menos um problema com o qual lidar, mas quem não tem… não tem.

Só em comida:

Comendo todos os dias um prato de peixe, uma abrótea custa mais ou menos 10,24€ no continente, ora uma abrótea, se for uma pessoa sozinha a comer ainda lhe dá pelo menos para umas três vezes, quatro bem aproveitadinho.

Um kilo de sardinhas custa 3€, outra vez vamos, se for uma pessoa sozinha ainda come em três ou quatro vezes bem aproveitadinho, no continente claro.

Um kilo de pescada pequena congelada custa 4€ outra vez no continente.

Um kilo de postas de bacalhau continente custa 9,98€.

Um kilo de postas de garoupa continente custa 14€

Ora bem já temos comida pelo menos para 20 dias, faltam mais dez, mas só aqui já gastámos 41,22€, se formos pela média para todo o mês gastaremos mais ou menos 61€, ISTO SÓ EM PEIXE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E só para uma pessoa!!!!!!!!!!!!!!!!

Agora vamos à carne.

Dois kilos de jardineira de bovino continente custam 13€

Dois kilos de novilho nacional bife cheio da pá continente custam 18€

Dois kilos de peito de frango continente custam 11,76€

Três frangos inteiros continente custam 8,91€

Aqui já vai comida para mais ou menos outros 20 dias e o preço total é de 51,67€, se formos pela média, para todo o mês gastaremos mais ou menos 77€

Carne e peixe somado dá 118€

Alguém me explica como uma pessoa com o ordenado mínimo 485€ é capaz de gastar 24,32% do seu ordenado em comida? Isto se tiver for sozinho, se tiver bocas para sustentar, ou valor duplica, triplica ou mais.

Mas alguém me explica como é possível que este Portugal pobrezinho, mas honrado, não faça nada para mudar esta situação?

[email protected] [email protected] de quanta qualidade de vida já abdicou para ter comida na sua casa?

Não digo com isto que deveríamos pressionar os hipermercados a baixar os preços, que muitas vezes também, mas não ao que me refiro, digo sim, que deveríamos exigir ao estado que aumente os salários da classe trabalhadora, toda e qualquer uma.

Se isto é só fazendo contas com o ordenado mínimo, imagino os velhotes com as pensões de merda que têm.

Sim somos um povo humilde, um povo agachado às ordens de outros, e sim somos um país de bananas otárias.

Crónica de Augusta Ferreira
Se eu acreditasse em tudo o que me dizes
Visite o blog do autora: aqui

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top