Últimas Crónicas

Mãe

loading...

Mãe, palavra de pequena de dimensão mas tão extensa no seu significado. Ser mãe é amar desde a concepção, ter paciência a cada enjoo, contrariar e lutar contra aquele sono em demasia. Ser mãe é não pensar na dor, é saber eternizar aquele momento sentindo apenas felicidade, é viver de novo a emoção de vos ter nos braços mesmo estando de rastos, ser mãe é rir e chorar ao mesmo tempo. Ser mãe é dar a vida por alguém, deixar o copo com os amigos, o ginásio, adiar o café com as amigas, ser mãe é deixar tudo só para vos ver bem. Saber porque choram, saber quando têm fome, saber quando querem apenas mimos, ser mãe é passar horas a fio no sofá, na cama ou em qualquer outro sitio confortável só para que durmam. Ser mãe é ter a casa de pernas para o ar mas estar tranquila e aconchegar-vos num sono profundo junto ao peito. Depois de uma noite mal dormida ter o quarto cheio de gargalhadas pela manhã ou ter-vos a entrar de rompante a meio da noite para se deitarem na cama da mãe. É ter-vos a gritar de madrugada : “Mãe temos fome quando é que acordas?”, levantar-me com um sorriso na cara para vos fazer o pequeno almoço e perceber que apenas queriam a minha companhia porque já tinham comido. Ser mãe é começar a ralhar e acabar às gargalhadas da parvoíce que fizeram.

Ser mãe é tudo. É a maior missão e responsabilidade de um ser humano. É educar-vos. É acima de tudo dar-vos sem esperar receber. Mas dão-me tanto, dão-me a mão quando preciso de me alinhar no caminho, limpam-me as lágrimas mesmo quando disfarço e digo que me constipei, soltam-me gargalhadas no final do dia quando me apetece esconder, despertam-me quando só me apetece silêncio, fazem-me cocegas para me fazer sentir que existo e tudo o que me dão é o melhor que podia querer receber.

Ser mãe é ter a nossa mesa cheia, é atropelarmos-nos para falar das aventuras e desventuras diárias. Ser mãe é quer que todos os momentos não passem, que a mesa continue cheia para sempre.

Ser mãe é cuidar da nossa família com amor, incondicionalmente, é colocar-vos à frente de nós. Sentir-me segura mesmo na insegurança e na incerteza do dia seguinte. É querer-vos antes de tudo e dos demais, é viver todos os momentos presentes como se amanhã não voltassem mais.

Ser mãe é ter um coração cheio de tudo mesmo quando temos uma mão cheia de nada.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top