Crónicas Mais Lidas

Os Teletubbies estão de volta!

loading...

Para a esmagadora maioria das pessoas a infância é um dos momentos mais felizes das suas vidas. Claro que não somos todos iguais, e cada um teve a sua dose de experiências positivas e negativas, mas a infância é quase sempre associada a felicidade. E grande parte dessa felicidade foi proporcionada por filmes e desenhos animados. E o tema do “Desnecessariamente Complicado” desta semana é uma das séries animadas mais épicas (e desprovidas de sentido) de sempre: os Teletubbies. Sim, eu vou mesmo falar sobre isto. Coloquem os vossos cintos de segurança (porque um internauta deve estar sempre seguro) e abram as vossas mentes porque esta é a derradeira crónica sobre os Teletubbies!

Em criança, verdade seja dita, “papamos” tudo. Sejam desenhos animados de menina, de menino, de porrada ou dos mais fofinhos, a verdade é que vemos tudo. No limite não afirmamos que vemos (como é o caso dos desenhos animados de meninas que envolvem temas menos interessantes para os rapazes) para não ficar mal perante os amigos, mas no recato do nosso lar vemos na mesma. Logo tanto vimos as Tartarugas Ninjas como os Teletubbies. E como crianças que somos questionamos tudo. Sendo que a única diferença entre as crianças dos anos 90 (como eu) e as de agora é o facto dos petizes terem hoje ao seu dispor uma ferramenta que responde a todas as suas perguntas: o Google. Nós fazíamos as perguntas (ou comentávamos com os nossos amigos e familiares) mas dado que ninguém nos sabia responder passados dois minutos já estávamos focados noutro aspecto qualquer. Hoje basta à criança puxar do seu smarthphone/tablet e pesquisar no Google. E em poucos segundos tem a sua resposta.

E à medida que vamos crescendo essas perguntas que fazíamos em petizes ficam para trás. Até ao dia em que voltamos, por alguma razão, a ver aqueles desenhos animados específicos. Aí é como se se abrisse uma porta cheia de perguntas para as quais queremos, rapidamente, resposta. Ora foi precisamente isto que me aconteceu esta semana. Por alguma razão que desconheço (e acreditem que desconheço, se soubesse qual era teria revelado) uma conversa banal entre a minha pessoa e a minha namorada foi parar aos Teletubbies. Passados breves segundos já eu estava de tablet na mão a fazer, pela primeira vez na minha vida, a seguinte pesquisa (no Google): Teletubbies. Ora creio que o Google foi inventado precisamente para isto: para que um adulto quase a atingir o quarto de século tenha forma de saber mais sobre os Teletubbies. Outros tantos segundos depois estava no Youtube (outra maravilha dos tempos modernos). E aí abriu-se uma caixa de pandora forrada a gargalhadas e estupefacção.

O visionamento de breves trechos destes desenhos animados no Youtube fizeram-me soltar gargalhadas que acho que estavam retidas dentro de mim desde o final dos anos 90. Mas também me fizeram questionar tudo. Literalmente tudo. A cada segundo surgia uma questão diferente. E cada uma mais inquietante que a anterior. E todas sem resposta.

Aquele momento foi engraçado, e delirante, mas passou. Mas a inquietude não. Tinha que pesquisar mais sobre o tema e descobrir as respostas às minhas perguntas. E de tanto pesquisar descobri várias coisas. Daqui em diante aconselho prudência ao caro leitor. Avance apenas se quer saber realmente tudo em relação aos Teletubbies!

Primeiro caso para espanto: os Teletubbies foram uma produção da BBC. Nunca me tinha questionado sobre quem tinha pensado, escrito ou produzido esta série, mas estava muito (mas mesmo muito) longe de pensar que teria sido a grandiosa e mítica BBC! Esperava por tudo, menos por isto!

Em cima o local onde foi gravada a série "Teletubbies". Em baixo o lago que agora ocupa o local.

Em cima o local onde foi gravada a série “Teletubbies”. Em baixo o lago que agora ocupa o local.

Lembram-se dos montes verdes e floridos que eram a casa dos Teletubbies? Algo que sempre me perguntei foi: aquilo seria um estúdio ou um quinta qualquer perdida no mapa? Caso esteja interessado parece que o local não só era verdadeiro como era uma quinta. Situava-se em Warwickshire, em Wimpstone. Onde? No exacto local que eu disse. Por acaso o estimado leitor reparou que falei no passado e não no presente? Pois é, acontece que esse local já não existe. O dono da quinta ficou tão farto de ver a sua propriedade invadida de fãs da série que fez daquilo…um lago. Lá se foi o desejo de conhecer este local…

É impossível ver trinta segundos da série sem reparar nos coelhos estupidamente grandes que ali estão. E embora no final dos anos 90 a tecnologia já estivesse algo avançada não era ainda possível manipular imagens como actualmente. Quero com isso dizer que aquilo eram mesmo coelhos reais. E eram mesmo daquele tamanho. Basicamente o fato dos Teletubbies era tão grande que um coelho de tamanho normal não teria qualquer impacto para as crianças. Já um coelho gigante sim. Ora segundo o que eu descobri a parte mais interessante de tudo isto é o facto dos animais gostarem, particularmente, de acasalar. Ou seja? Muitos dos planos foram filmados vezes sem conta de forma a evitar ter, como pano de fundo, dois coelhos a terem relações sexuais. Inusitado, mas previsível, diria eu.

Se agora esta série serve apenas como referência cultural dos anos 90 na altura em que foi transmitida tornou-se um vício para muitas crianças e adolescentes. Vício esse que levou muitas crianças a pedirem aos pais merchandising da série. O píncaro foi o Natal de 1997. Porquê? Porque nessa altura os produtos dos Teletubbies venderam duas vezes mais do que qualquer outro brinquedo e o single que é genérico da série atingiu o nº1 do top britânico (vendendo um total de um milhão de cópias e permanecendo no Top 75 durante umas incríveis 32 semanas. Leu bem: duas vezes mais! Ninguém chegou sequer aos calcanhares desses brinquedos! O que é igualmente surpreendente, e auto explicativo, da loucura inerente a essa geração.

teletubbies

Toda a série era inquietante, mas algo que batia tudo o resto era o bebé no meio do sol. Quem era aquela criança? Se naquele planeta apenas havia Teletubbies de quem era ela filha? Como raio tinha ela ido lá parar? Porque estava ela sempre a rir? Tudo questões importantes. E para as quais não tenho resposta. Posso é, isso sim, dizer-lhe quem é a criança na vida real. Chama-se Jess Smith e tem hoje 19 anos de idade. Como é que sabemos que é ela? Porque para além dos olhos serem iguais aos do bebé foi a própria a dizê-lo à imprensa.

Esta série foi gigantesca em todo o mundo, mas em especial em Inglaterra (o que é normal visto ter sido criada pela BBC). Agora o que o leitor não esperaria de certeza é que em determinada altura os testes de ingresso na Polícia Metropolitana Britânica tenham incluído a seguinte questão: “Diga o nome dos quatro Teletubbies”. Ou seja, polícias sim, mas cultos, que os ingleses não queriam que as fardas fossem usadas por um cidadão qualquer!

Mas as minhas pesquisas fizeram com que muitas das perguntas ficassem, eternamente, sem resposta. De seguida partilho convosco essas inquietações (como não partilhar tamanhos afrontamentos?).

– Que grau de parentesco existe entre os Teletubbies? São irmãos ou apenas amigos? Porque raio nunca vemos outros Teletubbies sem ser eles os quatro?

– Eles podem ir-se embora daquele local quando quiserem? Se podem porque não o fazem? É que tudo dá a entender que estão ali “presos”, senão reparem: são controlados por um bebé “gigante” no sol e a sua dieta é controlada e limitada! Para mim eles são mas é prisioneiros, isso sim!

– Onde está o resto da vida selvagem? Na série apenas vemos algumas flores e coelhos (e ouvimos pássaros) mas….e o resto das plantas e dos animais? Querem que acreditemos que os coelhos gigantes foram responsáveis pela extinção da restante vida animal, é?

– Quem é que limpa os dejectos dos coelhos? Ah pois! Existem dezenas de coelhos, contudo nunca vemos uma única prova de que defequem (e qualquer ser humano sabe que o fazem e em grandes quantidade). Logo das duas uma: ou na versão da série simplesmente não defecam, ou então alguém tem como função limpar toda aquela área (sendo que essa alminha consegue ter sempre tudo limpo e nunca aparecer na série…impressionante).

– Que substância emana do moinho de vento? Se bem se lembram o moinho rodava e uma substância não identificada emanava para todo o lado. Seria essa a causa do desaparecimento da vida animal? (Sim, nesta fase já estou por tudo).

– E por fim: os Teletubbies têm algumas flores e coelhos à sua disposição, contudo teimam em comer sempre o mesmo pudim, porquê? Com uma dieta destas seria de esperar que fossem mais magros…não?

Jim Broadbent

Mas sabem o que é que me deixou verdadeiramente espantado? Os Teletubbies estão de volta (por esta altura pensavam que o título era enganador não era? Isto aqui é um local sério, não é nenhum pasquim)! Como se não tivesse bastado atormentarem as mentes das crianças do final dos anos 90 (e inícios dos anos 2000), vão também atormentar as crianças de 2015. Sim, porque a série vai regressar ainda este ano! E quem saber o mais inacreditável? O reputado actor Jim Broadbent vai dar voz a uma das personagens. Parece Dia das Mentiras, eu sei, mas não é!

Quem diria que os Teletubbies seriam tema do “Desnecessariamente Complicado”? Nem eu diria tal coisa caro leitor. Nem eu!

Boa semana.
Boas leituras.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top