Últimas Crónicas

“Pés para que vos quero…”

loading...

Ora viva!
Hoje irei falar-lhe sobre pés! Fui desafiado por uma colega minha para falar sobre esta parte do corpo humano! Quer dizer, em boa verdade ela apenas me disse que não era lá grande fã de pés e que nunca antes se havia abordado esta temática no MaisOpinão. E eu aproveitei para escrever sobre este tema tão controverso… Controverso porquê?! Porque os pés são uma parte do nosso corpo que provocam toda uma panóplia de emoções nas pessoas… Ora vejamos:

Há imensa gente que detesta pés. Atrevo-me até a dizer que ODEIA pés. Para este grupo de pessoas os pés são a coisa mais nojenta do corpo humano e, quiçá até, do Mundo! Estes ‘foot-haters’, chamemos-lhe assim, são pessoas que só têm pés porque sabem que precisam deles para andar. Acredito que eles seriam capazes de passar toda a sua vida sem olhar para eles se tal fosse possível. Os ‘foot-haters’ toleram o facto de terem pés, da mesma forma como o resto dos comuns mortais toleram o facto de terem de ir trabalhar, todos os dias, para se sustentarem. Não queremos, não gostamos, preferíamos não ter de o fazer mas, visto que nenhum de nós é rico, tem de ser! (E digo isto, com a maior das certezas, pois duvido que algum tipo multimilionário perca o seu tempo a ler as minhas crónicas.)

Depois temos aquele grupo de pessoas (no qual eu me insiro) para quem os pés são apenas mais uma parte do corpo humano. Para mim um joelho é um joelho, uma orelha é uma orelha e um pé é um pé! Todos têm o mesmo valor. E digo-vos já: bem lavado irá receber a mesma atenção e miminhos, da minha parte, como uma omoplata. Tanto sou capaz de fazer uma festinha a um cotovelo como a um tornozelo… O leitor, por ventura, já reparou que a maioria das pessoas anda por aí a apertar a mão a desconhecidos, sem sequer pensarem por onde é que elas andaram antes e não seriam capazes de fazer uma simples festinha a um pé de um amigo?! Mesmo se soubessem que ele os tinha acabado de lavar. Porque raio é que as mãos porcas dos desconhecidos têm mais valor que os pés lavados dos amigos?! Sabe o que lhe digo? Acho mal…

Quem também deve achar mal este tipo de discriminação são os podólatras. Para eles os pés, quer sejam grandes, pequenos, gordos ou magros são uma perdição. Os podólatras são aquele grupo de pessoas que se excitam ao ver, tocar, sentir ou cheirar um bom pé. Que adoram uma roçadela com a planta do pé na cara, ou simplesmente chuchar um bom ‘dedão’. (Não sei porquê mas diz que os fetichistas de pés adoram todos chuchar o dedo grande do pé! Ou pelo menos foi o que ouvi dizer… Eu não sou desses, ok?!) Ir à praia na companhia de um destes senhores deve ser uma aventura… É porque se todos os outros tarados, que conseguem vislumbrar um ou outro seio desnudo na praia, já ficam acesos como o camandro, imaginem lá o podólatra que tem ali milhentos pés à sua disposição… Eles devem-se sentir como um puto de 16 anos na ‘Kikas’, Passerelle, ou noutro antro de promiscuidade qualquer.

Para terminar temos também aquele tipo de pessoas que levam as coisas ‘ainda mais além’. O tipo de pessoas que amam verdadeiramente os pés! Um grupo de lunáticos que seriam inclusive capazes de matar por um lindo par de pés! Que o diga a mulher do Pistorius…

(Ninguém me tira da cabeça que o assassinato da pobre Reeva Steenkamp deveu-se a uma crise de ciúmes por parte do marido):

“Ai tu estás aí a cortar as unhas dos pés, é? Isso é só para me fazeres inveja?! Então e agora, vais limá-las, é isso? E a seguir? Não me digas que ainda vais pôr verniz? Isso é tudo só para me fazeres pirraça?! Espera lá que já vais ver como é que elas mordem… PUM! PUM! PUM!”
Ou então, ele chegou a casa no preciso instante em que ela tinha começado a lixar os pés com uma pedra-pomes …
“- Querido isto não é aquilo que parece!
-Ai não?! Ai não?! Pois a mim parece-me exactamente aquilo que é… Tu estás aí a raspar os teus lindos pés, não estás? Achas bem, achas? Eu sem pés e tu aí a desperdiçar os teus?! Espera aí que já vais ver como é que elas mordem… PUM! PUM! PUM!”

Ou então foi apenas um mero acidente e eu estou só a ser mauzinho. Das duas, três!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top