Últimas Crónicas

“Prometes?” – Conto

loading...

“Achas que ainda seremos assim quando formos velhinhos?”

“Assim como?”

“Felizes. Apaixonados. Vais amar-me da mesma forma daqui a 50 anos?”

Ele solta uma gargalhada, ela faz um beicinho adorável.

“Não tem graça! Estou a falar a sério, João. As pessoas estão sempre a divorciar-se, por tudo e por nada. Como é que eu sei que tu não vais deixar de me amar e abandonar-me?”

Mais gargalhadas. E uma pancada no braço como retaliação.

“Isso nunca irá acontecer.” Diz ele enquanto passa a mão sobre a zona agredida.

“Não podes ter a certeza disso. Eu aposto que todos os maridos do mundo que deixaram as mulheres também disseram isso.”

“Sofia, para.”

“…”

“Eu nunca irei deixar-te, meu amor. Irei sempre amar-te e nada irá mudar isso. Tu estás no meu coração. Para sempre. Nada me fará largar-te.”

“…”

“Sofia?”

“ Prometes ?”

“Eu prometo.”

“Mesmo que eu fique gorda, feia e que os meus dentes caiam todos?”

Ele suspira.

“Tu serás sempre bela para mim. Mesmo que tu,” Ele sorri “fiques gorda e percas os dentes todos. Tu és única. Acreditas em mim?”

“Sim.”

“Então e a mim? Continuarás a amar-me mesmo que eu fique gordo, que os meus dentes caiam e que deixe de ser super sexy?”

“Não!”

“Hey!”

Ela desata às gargalhadas, enquanto ele se vinga com cócegas.

“… Obrigada.”

“De nada, minha querida. De nada.”

 

Fim.

 

Feliz dia dos namorados a todos. 🙂

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top