Últimas Crónicas

Sinto o Natal…Desde Sempre!

loading...

Em pezinhos de lã entramos no mês do Natal.

Amo o Natal, confesso, quanto mais não seja porque as pessoas parecem ser mais simpáticas umas com as outras!

Por esta altura, as nossas televisões são invadidas com anúncios e mais anúncios de brinquedos…

Gosto tanto desses anúncios!

Sem querer, retrocedo no tempo, a um tempo que não volta mais.

Sou pequeno, colado ao ecrã, munido de uma caneta e uma folha A4 começo a escrever…

Castelo da Playmobil, Legos, Soldados de plástico, tartarugas ninja, etc…

Uma lista infindável de coisas!

Sabia que não as ia ter, sabia que o Pai Natal não as ia trazer, mas pedir não custa!

Ao domingo de manhã, por entre os episódios dos  Moto-Ratos e as tartarugas Ninja lá apareciam eles…

Dos nenucos ao Quem é Quem, do Traga Bolas ao mundo da Playmóbil entre tantos outros.

Sonhava que ia ter sempre o que pedia, mas geralmente a minha prenda era uma prenda partilhada com os meus irmãos, Spectrums e mais spectrums, consolas e mais consolas.

“É dos três e para os três!” – Dizia a minha mãe.

Assim o era mesmo, para trás ficavam esquecidos todos os pedidos e todos os deslumbramentos provocados pelos anúncios de brinquedos.

Ainda hoje perco o meu tempo a ver anúncios de Natal, com o mesmo brilho, com a mesma força que o faz uma criança.

Se hoje me fosse concedido um desejo, não pediria outra coisa senão voltar um dia que fosse à minha infância e se possível…

Por altura do Natal.

Não se esqueçam de recordar e sonhar porque a vida é feita de sonhos!

2 Comments

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top