Últimas Crónicas

Smartphones para quê? Voltamos aos 3310!

loading...

Numa era em que os smartphones reinam por esse mundo fora, conseguirá existir um retorno para os telemóveis mais simples?

Hoje em dia usamos os smartphones para tudo, seja para o mais básico como telefonar ou mandar sms, como para coisas que antes apenas eram possível num computador – navegar na internet, ver e mandar emails, estar activo nas redes sociais, utilizar diferentes aplicações. Agora, a maioria das pessoas já não sabe o que fazer sem um smartphone na mão. Estamos como que dependentes dos smartphones! Acordamos com eles e deitamo-nos com eles.

Para ir contra este vício, a moda é utilizar “telemóveis burros”. Aqueles telemóveis que praticamente só dão para falar e mandar sms. Aqueles telemóveis dos primórdios. Tudo para que a dependência dos smartphones acabe.

Será que precisamos de retrocessos tecnológicos destes? E com que fim?

A dependência dos telemóveis sempre se fez sentir, desde que começaram a existir – foram as chamadas quando e para quem quiséssemos, as mensagens a toda a hora -, agora utilizamos também as outras funcionalidades que foram acrescentando – redes sociais, internet, apps, gps, etc.

Esta moda dos telemóveis burros irá durar muito? Seremos capazes de abandonar as várias funções e passar a comunicar de forma mais básica, apenas quando necessário? Sinceramente não acredito. Eu já não consigo não utilizar a internet, não consultar emails, redes sociais, etc. Quando se que não sinto necessidade de ligar um computador pois consigo fazer quase tudo no smartphone, quando quero (desde que haja bateria, é esse o problema dos smartphones).

Gostava de conhecer quem tomou este tipo de decisão para a própria vida, o que o levou a tal… Porque mudar para um “telemóvel burro” e depois passar o dia na internet num computador ou num tablet vai dar ao mesmo não? A tecnologia mantém-se bastante activa na vida da pessoa. De que vale assim trocar um smartphone por um 3310?

A tecnologia evolui. Tal como evolui tudo na vida. Sim, actualmente a dependência pela tecnologia é imensa, mas há que saber gerir tudo. O tempo para a tecnologia, para as pessoas e acima de tudo ter as prioridades bem definidas. Quando a gestão e as prioridades não existem, aí sim, é problemático. Aí sim deverá existir um retorno ao velhinho 3310. E o que se fazia naquele telemóvel!!

Não podemos é deixar que o telemóvel ou smartphone, o que for, tome conta da nossa vida e seja a nossa prioridade. Há vida para além do ecrã..

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top