Últimas Crónicas

Vida Facebook Vs Vida Real

loading...

Adoro a vida das pessoas no facebook! Todas são felizes, têm boas vidas, têm montes de amigos, maridos perfeitos e umas santas mulheres. Os filhos são sempre os maiores, melhores e mais bonitos do Mundo, sem esquecer os animais domésticos que têm vidas fartas. Adoro as declarações de amizade e de amor eterno, que fazem a pessoas que mal conhecem. E as imagens com frases inspiradoras que postam a toda a hora? Adoro. As fotos e selfies dos pés, do que comem, onde dormem, aonde estão, do trabalho e até no raio da-casa-de-banho. É tudo tão perfeito que eu me questiono: não devemos habitar no planeta Terra, mas sim num planeta qualquer chamado paraíso.

As pessoas do facebook são pessoas com vidas muito boas, é só ferias, fins-de-semana fora, férias em sítios paradisíacos, jantares fora, noitadas com os amigos…fantástico! Mal têm dinheiro para comer e pagar a renda da casa, se não fosse a ajuda de familiares até os bens eram penhorados tal é a dimensão das dividas, mas isso não interessa para nada, no facebook o status é que é valido.

No facebook só existem relações felizes, não há discussões nem magoas. Não há traições, mentiras nem duvidas. Os maridos ou namorados são perfeitos, românticos, carinhosos, bons na cama, excelentes pais, tudo aquilo que uma mulher sonha, tão perfeitos que nem sequer cobiçam a colega de trabalho que tem fotos no facebook que são um show de sedução carnal. As mulheres são umas santas, fieis, educadas e trabalhadoras. Em casa é cada um no seu canto, o homem  na sala ao computador, a mulher no quarto ao telemóvel, ambos na Internet.  Discussão a toda a hora, implicância e ciumes também,conversa séria não existe, sexo muito menos, mas há que tirar fotos de beijos e passeios românticos, há que escrever estados extensos de declarações de amor eterno, porque a ex namorada de um vai coscuvilhar no facebook e a amiga que agora é inimiga também.

Todos praticam exercício físico e lêem livros no facebook. É só pessoas saudáveis e cheias de cultura. Não sabem falar nada de jeito, não escrevem uma linha sem erros ortográficos, mas lá está o livrinho ou jornal nas fotos porque dá outro nível. E a ginástica que conseguem ao fazer abdominais e tirar uma selfie ao mesmo tempo? Eu já tentei mas não consegui, sou alérgica ao esforço desnecessário. Há que mostrar as fotos com o treinador pessoal, nas aulas de zumba, a mostrar o antes e o depois da dieta, os abdominais bem definidos, de preferência nuns calções bem curtos e num top desportivo bem decotado.

Há relações de amizade que começam e acabam no facebook num abrir e fechar de olhos. Num dia são como família, são pessoas espectaculares, não se consegue viver sem elas, no outro dia toca  a postar indirectas porque as comadres se chatearam. Temos mais de quatrocentos amigos no facebook, ao final da noite precisamos de desabafar com um amigo, não temos absolutamente ninguém. Isto não é amizade meus caros.

O melhor do facebook são as fotos dos filhos! Os primeiros passos, risadas, banho, aniversários, asneiras, as roupas novas, os passeios, os brinquedos que as tias e avos ofereceram. Mostramos ao povo viciado que somos boas mães e bons pais. Tão bons que gastamos mais tempo a postar fotos do que a brincar com os nossos próprios filhos! Tão bons pais que sabemos o que a tipa que não gostamos fez todo o santo dia, mas nem sequer sabemos o que os nossos filhos comeram na escola. É triste.

Não há tempo para ver o pôr-do-sol, sentir a chuva, desfrutar de um bom jantar, estamos demasiado ocupados em tirar fotos a nós próprios. Fotos às sapatilhas novas, ao ramos de rosas que o marido ofereceu, ao desenho que o filho fez, à roupa que compramos, ao novo corte de cabelo, às unhas de gel acabadas de pintar, às tatuagens. Mulheres que tiram fotos completamente vulgares, com o corpo demasiado exposto, com uma maquilhagem horrorosa, em locais que nada deixam à imaginação, chavalos todos iguais, chapéu ao contrario, calças caídas a ver-se o rabo, camisolas cavadas e ar ganzado. Já não há pachorra.

Se querem saber quem morreu, quem tem uma doença terminal, quem faz anos nesse dia, quem foi ao hospital, quem terminou o casamento e quem iniciou uma relação, é só ir ao facebook!

Façam um favor a vocês mesmos:

Não postem vidas de sonho se na realidade têm vidas de merda.

Sejam verdadeiros, sejam reais.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top