Últimas Crónicas

Welcome Home Zé!

loading...

Esta semana corri a “mãe dos riscos”. Enquanto o preso mais famoso do país fazia o seu trajeto Évora-Lisboa, eu pelo meus leitores, andava em casa da ex-mulher do Zé, a instalar câmaras.

Tudo isto para vos poder apresentar. Um dia na vida do Zé.

Aqui fica o registo de um dia movimentado.

5.53 – A janela está entreaberta, o Zé sente a brisa no fundo das costas, levanta-se e vai fechar a janela. Olha para a rua onde dois jornalistas dormem abraçados, numa zona mais escura e discreta uma jornalista dá prazer oral a um dos polícias que toma conta do ex-primeiro ministro. Volta para a cama.

7.20 – Acorda, levanta-se e estica o corpo, está a estranhar a cama, e o excesso de espaço do quarto. Olha para o maço de tabaco de emergência mas resiste, se pelo menos estivesse num avião.

8.00 – Liga a televisão para ver as capas dos principais jornais, sente-se num Big Brother, está quase para desligar a televisão quando chega o intervalo, fica para ver o anúncio dos problemas de “motor de arranque” do Paulo Futre. Aponta o nome do medicamento.

8.12 – O telemóvel toca, do outro lado Fava pergunta o que quer para o pequeno almoço. O Zé faz o pedido e no fim acrescenta: “Passa por uma farmácia e compra Libidium Fast”

8.40 – Jogging matinal à volta da piscina aquecida.

9.05 – Fava chega com o pequeno almoço, o Zé senta-se na mesa da cozinha.

9.20 – No fim do pequeno almoço o Zé vai a uma  gaveta buscar um “Magalhães” descartável. Cria o alter-ego “Zé Porreiro” e comenta as principais notícias do CM.

10.05 – Começa a escrever uma carta para a TVI.

10.52 – Apaga a carta que estava a escrever, o “Magalhães” crashou e o corretor ortográfico não está a funcionar.

10.53 – Liga para Santos Silva e pede dinheiro emprestado para comprar um portátil em condições. Santos Silva diz que lhe vai fazer chegar um.

11.02 – O Zé entra no WC, as camaras no WC ainda não estão a funcionar.

12.05 – O Zé sai do WC, tomou banho mas não fez a barba.

12.55 – Entra o Soares, abraçam-se e o Zé fica 15 minutos a explicar-lhe quem é.

14.02 – Zé e Soares almoçam juntos, durante o almoço o Zé explica 3 vezes quem é.

14.30 – O Soares agarra-se a uma garrafa de whisky e cai redondo a ressonar no sofá.

14.31 – O Zé repara que o Soares vinha com um saco, abre-o e dentro está um computador portátil com uma nota: “Querido Zé, rebenta com eles. SS”

14.35 – Toca o telemóvel do Zé, o Costa quer ideias para o debate com o Passos Coelho. O Zé recomenda-lhe uma ligação com um ditador da América Latina como solução para a crise. Despedem-se com um “Porreiro pá!”

15.10 – Toca o Skype do computador, do outro lado Pinto da Costa pergunta se o Zé precisa de fruta fresca em casa. O Zé responde que para ele só bananas, desliga e volta a abrir o Candy Crush.

15.50 – Para ter mais ajudas no Candy Crush o Zé cria um novo perfil no facebook – “Zé filosofo”, pede amizade à Manuela Moura Guedes.

15.52 – A Manuela Moura Guedes aceita a amizade, aparece no mural: “Zé filosofo e Manuela Moura Guedes são agora amigos”. João Araújo gosta disto. Marinho Pinto comenta: “Oh Zé tás cada vez pior”. Santos Silva comenta: “Precisas de alguma coisa Zé?”

16.47 – Soares acorda, olha à volta dá ao Zé uma nota de 5€ diz que foi um dos melhores hotéis onde ficou nos últimos anos e vai embora.

17.30 – Toca o Skype, o Zé atende do outro lado Paulo Portas ri-se e diz-lhe: “Estás como queres agora em casa”, o Zé responde: “Vai rindo, não vás preparando a casa”, os dois riem muito e o Zé diz-lhe: “Passa aí mais logo que a Fava trouxe Libidium Fast”, Portas responde: “Não vou, e a minha decisão é irrevogável”, os dois riem muito e desligam.

17.52 – Toca o telemóvel, do outro lado António Guterres pergunta se pode aparecer para jantar: “Levo o jantar e dois ou 3 refugiados para te fazer companhia”, o Zé responde: “Até vou ligar ao Jorge Coelho para construir uma autoestrada até aqui”.

18.30 – O Zé vai relaxar para a piscina aquecida, durante 15 minutos parece jacuzzi.

19.00 – O Zé não consegue decidir se vê o Money Drop ou o Preço Certo, não gosta de ver o dinheiro a fugir, mas também não gosta de ver portugueses a ganhar dinheiro. Coça o rabo e vai buscar o DVD do Padrinho.

20.15 – Guterres sobe com vários sacos do Pingo Doce, diz que encontrou Santos Silva que pagou: “Ele diz que mete na tua conta.”

21.10 – Acabam de jantar, Guterres pergunta se há wisky, o Zé responde que o Soares esteve lá de tarde.

21.45 – Decidem jogar à sueca, convidam o agente que está à porta de casa, perguntam se um jornalista pode subir. O agente diz que não.

21.50 – O Zé liga à Fava e pergunta se o marido dela pode vir brincar com eles. Não se percebe o que ela diz, o Zé ri muito e responde: “Não é isso é para vir jogar cartas.

23.10 – Todos estão cansados de jogar, o Zé limpa sempre a mesa toda, tem sempre os trunfos na mão.

23.11 – Levantam-se da mesa, Guterres vê que Santos Silva estava debaixo da mesa a dar os trunfos todos ao Zé, mas como é parceiro não denuncia.

23.13 – O Zé acompanha todos à porta e despendem-se.

23.20 – O Zé veste o pijama, senta-se na beira da cama e dá um beijinho no diploma de engenheiro. Deita-se e fica a ver as Donas de Casa Desesperadas até adormecer.

23.59 – O Zé já dorme, do nada Santos Silva aparece aconchega-lhe os lençóis e dá-lhe um beijo de boa noite. Ainda que a dormir  com um sorriso nos lábios o Zé murmura: “Porreiro pá!”

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top