Últimas Crónicas

Porque é que o formato Got Talent tem tanto sucesso em todo o mundo?

loading...

O formato televisivo Got Talent entrou no livro dos recordes Guiness em 2014 como o formato de reality TV com mais sucesso em todo o mundo. Na altura, o programa estava no ar em 58 países em todo mundo. E porquê este sucesso estrondoso?

A meu ver, o sucesso deste formato  tem a ver, antes de mais, com o seu carácter familiar: o Got Talent é um programa para toda as idades. E é, por definição, um programa para todos os talentos. Já ganharam este formato desde cães dançarinos, a grupos de teatros de sombras, ginastas e, claro, cantores. Por ele passaram dançarinos, comediantes, impressionistas, ventrílocos, etc, etc. etc. A lista é interminável. A versão original britânica tem um spin off (um programa que resultou do principal) chamado Britain’s Got More Talent que, num dos seus vídeos de promoção, demonstra isso mesmo.

Depois, é um formato sempre com muito humor à mistura. Aliás, normalmente é apresentado por humoristas. Outro factor é o facto de, ainda a pensar no humor e nas gargalhadas de todos, a produção (que faz a pré-selecção dos actos que chegam às audições com os jurados) deixa sempre passar alguns actos mais estranhos (os chamados “cromos”), para o puro entretenimento durante as audições.
E, por fim, mas para mim o mais importante, um programa cuja história provou que qualquer um pode singrar, basta ser realmente muito talentoso. Dos vencedores mais conhecidos do formato, Paul Potts, um vendedor de telemóveis de 36 anos que venceu em 2007, a primeira edição deste programa no Reino Unido, e Susan Boyle, uma desempregada de 47 anos, que ficou em segundo lugar em 2009 no mesmo país, são bons exemplos de que, para o Got Talent, nunca se é novo ou velho demais para concorrer, desde que se tenha talento. Em 2013, também no Reino Unido, Jack Carroll, um humorista de 14 anos com paralisia cerebral de nascença, ficou em segundo lugar, atrás do grupo húngaro de teatro de sombras Attaction. Em Portugal, em 2015, na 3ª temporada (de volta à RTP, depois da 1ª temporada em 2007, também na RTP, com o nome “Aqui há Talento”, apresentado por Silvia Alberto e da 2ª temporada em 2011, na SIC, com o nome “Portugal Tem Talento”, apresentado por Bárbara Guimarães), o grupo de ginástica acrobática Artgym Company, formado por jovens dos 11 aos 18 anos, levou o titulo de vencedor para casa.

 

 

O Got Talent foi criado por Simon Cowell e é produzido pela Syco (uma join venture entre Simon Cowell e a Sony) e a FreemantleMedia, proprietários do formato. A nova temporada do Got Talent Portugal começa amanhã na RTP1 e vamos esperar que tenha o sucesso que se espera de um formato recordista do Guiness, fruto do sucesso à escala global.

Crónica de João Cerveira
Este autor escreve em português, logo não adoptou o novo (des)acordo ortográfico de 1990

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top