Últimas Crónicas

Menina que se fez Mulher

loading...

Vivias num conto de fadas, sonhavas com príncipes e princesas e da vida nada sabias. Foste crescendo, foste caminhando, foste sonhando, foste construindo o teu ser, até que um dia encontraste uma montanha. Olhaste-a de baixo, era alta, tenebrosa, cheia de pedregulhos mas ao mesmo tempo era bela, a sua vegetação verdejante, os pássaros e tantos outros animais que poderias encontrar, a água que escorria em cascata, era uma montanha cheia de vida. Não quiseste ficar por baixo e foste subindo, não tinhas muito tempo, eras uma menina mas sentias que tinhas de te fazer mulher.

Como mulher procuraste um caminho, não o melhor, nem o mais fácil mas aquele que sabias que ia ser o mais belo. Tomaste o bastão, colocaste na tua bagagem tudo aquilo que sabias que tinha de ser feito, tudo aquilo que sabias ter de levar contigo mas sobretudo tudo aquilo que te ia tornar mulher e caminhaste…

…O caminho não era breve, não era fácil mas isso não te assustava, cada vez com mais força, o que desejavas era encontrar o que estava para lá daquele monte que quase tocava o céu, querias chegar ao topo. Talvez ainda não fosses suficiente mulher para esperar e subir na medida das tuas capacidades, talvez quisesses saber precocemente o que estava lá bem no topo mas isso já pouco te importava e sem olhar para trás todos os dias subias mais um pouco no teu caminho.

Hoje mulher sabes que a montanha está longe de ser alcançada, sabes que o importante não é chegar lá rapidamente mas sim chegar aproveitando tudo o que ela te dá, desfrutando da vida. Sabes que o caminho é feito de avanços e retrocessos e sabes que não te podes esquecer do teu objectivo para continuar a caminhar.

Hoje mulher tens tanto de menina, largas a tua bagagem e o teu bastão vezes sem conta, precisas constantemente de traçar um caminho mas tens presente que quem está contigo caminha contigo e por esse motivo juntos continuam subindo aquela montanha que toca o céu.

Hoje mulher a montanha é o teu equilíbrio, entre o céu e a terra, entre a tua alma e o teu corpo…

… Sem alma o corpo não caminha e sem corpo a tua alma fica sozinha.

1 Comment

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top