Últimas Crónicas

Mundo do Coquinha 4 – Perfeição!? O que é isso?

loading...

Hoje não sei bem porquê questiono-me sobre a perfeição. Talvez tenha sido por ver um documentário sobre as Pirâmides e a sua construção… não sei bem. Mas a verdade é que isso me deixou a pensar no que é realmente a perfeição e será que ela sempre existiu?

Perfeição é algo que pode ser atribuído a pessoas, objectos, comidas, serviços e até mesmo produtos comerciais. Normalmente associamos a perfeição a algo sem defeitos ou de tal forma belo que é impossível apontar-lhe algo. Quantas vezes já não ouvimos dizer que aquela mulher é um monumento ou que aquela escultura é uma verdadeira obra de arte simplesmente perfeita.

 Pirâmides no Egipto

Nos objectos é possível ver os que pela forma como foram feitos e pelo design e apresentação que têm perceber que todos os detalhes foram cuidados de maneira a fazer com que aquela peça que apreciamos se encontra sem danos ou imperfeições, no fundo, que é perfeita. As obras de arte são objectos em si que são feitos justamente para isso: serem perfeitos. Mas não é apenas na arte que se pode encontrar a perfeição, também nos objectos comuns do dia a dia conseguimos ver aqueles que cumprem as suas funções sem qualquer tipo de problemas.

Não é difícil apresentar qualidades a alguém para dizerem que essa pessoa é perfeita, na realidade tudo é perfeito enquanto as melhores qualidades ficarem acima das piores dando a noção que a outra pessoa não tem defeitos. Também no atendimento podemos dizer que alguém é perfeito pela forma que somos atendidos ou pela forma interessada que alguém procura fazer o seu trabalho enquanto procura também agradar aos seus clientes, na verdade nada sabemos dessas pessoas, apenas conseguimos ver que são zelosas e boas profissionais.

Nesta sociedade dita moderna em que todos vivemos e em que fazemos tudo a cem à hora, a perfeição é algo que simplesmente não interessa ou que é simplesmente deixada para segundo ou terceiro plano, o que interessa é que as coisas sejam feitas. Isto acontece cada vez mais com os produtos que compramos, sejam eles funcionais ou decorativos, a verdade é que em grande parte olhamos apenas para os preços. Talvez por esse motivo lojas mais económicas, como as lojas dos chineses, estejam a proliferar no nosso país. A verdade é que conseguimos obter nessas lojas os mesmos produtos que encontramos noutras superfícies comerciais a metade do preço (ou até menos), ainda que tenhamos noção que a qualidade e consequente duração do produto poderá ser muito mais reduzida.

A perfeição é algo que a nível profissional e comercial é completamente irrisório e sem qualquer tipo de importância. Enquanto escrevo esta crónica e olho para o meu computador de marca e penso que há uns anos atrás este monitor e estas teclas eram bem melhores.

O que mudou? Eu sei e todos sabemos, mudou a qualidade de todos as peças e pequenos componentes que este computador leva. Este é um produto europeu que anteriormente era feito na Europa, depois passou a ser feito na China e montado na Europa, até que agora é totalmente chinês. Nada contra isto ser um produto chinês, apenas lamento que esta marca em quem confio tenha decidido baixar os seus padrões de qualidade para produzir um produto mais barato. Sei perfeitamente que todas as marcas seguem este caminho por forma a rentabilizarem os seus recursos e maximizarem os lucros, só lamento que como consumidor seja eu que sofra por ter um produto de qualidade inferior mas de preço equivalente.

Mas também as pessoas já não podem ser unicamente boas profissionais e trabalhadoras, isso já não chega, porque o ser bom profissional não interessa se não formos capazes de fazer mais produtos e conseguir trazer mais lucro para as empresas que nos empregam. Que interessa fazermos meia dúzia de produtos bem feitos se o nosso companheiro faz vinte no mesmo tempo? Pouco ou nada interessa que os que fazemos estejam perfeitos, ele fez mais do dobro ainda que alguns possam estar com uma qualidade duvidosa, logo ele é mais produtivo.

 Trabalho infantil

Não sei se a perfeição existe no verdadeiro sentido e essência da palavra mas decididamente a perfeição hoje é algo sem importância visto que a perfeição não trás lucro. Qualquer dia, e já não há de faltar muito, todos os produtos que compramos e vestimos serão feitos em locais do mundo distantes simplesmente porque os custos de produção são inferiores. Pouco ou nada interessa que alguns desses produtos sejam feitos por crianças ou pessoas em condições de vida quase sobre-humanas. Faz-me mesmo lembrar as Pirâmides… tão lindas mas feitas à conta de sei lá quantos escravos que morreram a construí-las.

Crónica de Coquinha
Mundo do Coquinha

 


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top