Últimas Crónicas

Portugal (in) Justiça

loading...

Significado de justiça
(latim justitia, -ae, conformidade com o direito, equidade, bondade)

s. f.

1. Prática e exercício do que é de direito.

2. Conformidade com o direito.

3. Direito.

4. Rectidão.

5. Magistrados e outros indivíduos do foro.

6. Poder judicial.

7. Lei penal.

8. Punição jurídica.

9. Uma das quatro virtudes cardeais.

de justiça: justo; merecido.

fazer justiça: obrar ou julgar segundo o que é justo.

 Apesar de, por definição ou histórico, se dizer que a justiça é cega, que a sua balança não pende a um ou a outro lado, a realidade e os factos sustentam uma afirmativa contrária.


 Há coisas que não são para perceberem. A (in) justiça é uma delas. Muito do que se segue pode ser, por isso, incompreensível aos olhos do “povo”. Justiça… é uma palavra que dá muito para pensar, principalmente nos dias em que hoje vivemos, em que só ouvimos que há INJUSTIÇA.

Pois é, na verdade quando esperamos que a justiça seja feita, não conseguimos perceber qual o significado desta palavra.

Comentarei a justiça judicial…

Recorremos aos tribunais.

Aí sim, deveria ser feita a justiça, mas por vezes ficámos tão boquiabertos com as sentenças que são proferidas nos tribunais, que mais uma vez confundimos a palavra justiça.

Será que esta palavra – JUSTIÇA – não tem o mesmo significado para todos?

Eu acho que não, principalmente na nossa actual legislação Portuguesa.

Senhores (as) legisladores (as) que possam estar a ler este meu pequeno comentário, faço-vos uma questão: alguma vez precisaram de recorrer à justiça judicial? Acho que não, senão já há muito que teriam alterado determinados decretos-lei.

Se calhar os culpados não são só os legisladores, mas sim os meritíssimos juízes que por vezes não sabem aplicar a lei como esta deveria ser aplicada, ou não a interpretam da melhor forma.

Enfim… quem paga é sempre o “povo” e os verdadeiros “criminosos” continuam à solta.

Acho que ninguém me deve contrariar – temos o exemplo de um pai de uma senhora juíza que mata o ex-genro à frente e com a neta ao colo e é-lhe aplicada a pena de prisão preventiva até ser proferida sentença.

Haverá mais alguma coisa a dizer?

Apenas que é pai de uma juíza…


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top