Leitores

Refugiados ou Emigrantes?

loading...

Ainda sobre o tema refugiados…

Mais uma vez acho que as pessoas interpretam uma parte por um todo. Existem duas coisas fundamentais quando falamos de refugiados:
1• os que vêem para salvar as suas vidas
2•os que vêem para melhor as suas condições económicas.

Ao longo destes dias parece que todos têm uma opinião e não se contentam pelas ideias dos outros, diria que uns são mais racionais e outros sentimentais.

A verdade é que existem muitas pessoas que têm vindo para a Europa para salvaguardar a sua vida, mas para outros isto é apenas um negócio.

Não se deixem “enganar” tão facilmente, muitas destas pessoas que decidem abandonar o seu país, já vêem com rotas e destinos marcados. Quando questionados para onde vão respondem que vão para a Alemanha ou para a Suécia porque sabem que são países ricos. Desculpem a minha ignorância mas para quem vem fugir da guerra o principal não era um país que lhes desse condições de segurança? Para mim nesse último caso aplicamos a palavra “emigrante” e não “refugiado”.

Não digo que não devêssemos ajudar!Porém, tenho perfeita consciência que isto mais tarde ou mais cedo irá desencadear problemas maiores na Europa. Não basta apenas acolher os refugiados é preciso intervir! Porém,essa intervenção ao contrário do normal é mais complicada porque não se trata de sanções económicas ou algo semelhante, mas sim de uma questão de crenças!

O facto de Portugal e dos restantes países estarem a acolher os refugiados tem de passar por uma questão de pouco tempo, porque se continuar-mos a receber uma enorme quantidade de pessoas isso irá traduzir-se numa questão de perda de identidade nacional, religiosa e de costumes. Estas pessoas não têm a mesma religião que nós, os mesmos hábitos etc. e sinceramente acho que possa existir uma clivagem entre a nossa sociedade portuguesa e os refugiados.

Crónica enviada pela leitora Inês Nunes 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top