Últimas Crónicas

Um Bom Ano para si, e para si, e para si, e para si também…

loading...

Ora viva!
Antes de mais, deixe-me desejar-lhe um Bom Ano… BOM ANO! Pronto, já está.
Ou será que não está?! Será que fiz bem? Talvez tenha sido um pouco precipitado da minha parte. É que eu nem o conheço. Mas se está aqui é porque gosta de mim. Ou pelo menos do que eu escrevo. E, se assim é, então fiz bem. Ai, dúvidas, dúvidas… Ficou confuso?! Ainda bem. Eu também estou e detesto sentir-me confuso sozinho.

Por ventura o leitor sabe até quando se deve desejar um Bom Ano novo?! Será apenas na noite da passagem de ano?! Não! Isso não teria lógica. Até porque o leitor certamente gostaria de desejar um Bom Ano às pessoas que não comemoraram o revéillon consigo. Talvez o mais adequado seja desejar-se apenas no dia 1 de Janeiro. Bom, quer dizer… Teria um pouco mais de lógica mas… Então e as pessoas que você não viu nesse dia?! Não seria justo para com elas, não é verdade?! O melhor mesmo é considerarmos o dia 31 de Janeiro como deadline para as felicitações entre amigos e família!

Quer dizer… Pensando melhor, e será justo desejarmos um Bom 2015 apenas à família e amigos? Então e os outros? Os seus colegas? O cliente que atendeu no trabalho? A jeitosa do café? O velhote do supermercado? Será que esses não merecem também os votos de um excelente ano?! Não faz sentido. O melhor mesmo é desejarmos um feliz ano novo a todo mundo!

E já que estamos a falar sobre este assunto, aproveito para perguntar também: quantas vezes é que acham ser aceitável desejar-se um Bom Ano à mesma pessoa? Apenas uma? Duas? Três? Sempre que nos cruzarmos com ela? É porque há muita gente que eu vejo todos os dias e seria bastante aborrecido ter de lhes desejar um Bom Ano sempre que os visse. É que 31 dias, vezes umas 35 pessoas por dia, dá para aí, mais ou menos, umas noventa e coiso pessoas. É muito Bom Ano para se desejar! Talvez o melhor seja mesmo reduzir o prazo para as felicitações.

Ora deixe cá ver… Deixe-me cá pensar… 6 dias! Sim… Parece-me muito bem. 6 dias e não se fala mais nisso! Até porque faz todo o sentido o Bom Ano ser desejado até ao Dia dos Reis. E depois, assim que acabarmos de desmontar a árvore de Natal, acabamos com esta palhaçada! Se bem que, no meu caso, cheira-me que irei andar a desejar bom ano até Fevereiro. É porque se este ano for como o passado só lá para o Carnaval é que me irei ver livre da farfalhuda… (E nem é por preguiça… É que, parecendo que não, um gajo afeiçoa-se ao bicho!)

Até para a semana pessoal!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Crónicas Mais Lidas

loading...
To Top